Manejo para Solos Produtivos – Além das Análises Físicas e Químicas

Os solos são a base para a produção agrícola e um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento de plantas sadias. Ele possui características físicas, morfológicas, químicas e biológicas resultantes do manejo e processos de formação a qual foram submetidos. Essas características vão influenciar diretamente a sua aptidão agrícola e a capacidade para desenvolvimento da produção.

Interpretar essas características de forma correta é fundamental. Através de um diagnóstico preciso podemos elaborar as melhores estratégias para sua utilização e conservação.

A abertura de trincheiras vai auxiliar o diagnóstico e interpretação das características físicas do solo que influenciam diretamente o armazenamento de água e o desenvolvimento das raízes.

No vídeo de hoje apresentamos um estudo feito em Curvelo, Minas Gerais, em um plantio de eucalipto com um pouco mais de 9 anos. A escolha dessa área se deu justamente para mostrar na prática a necessidade de sabermos com clareza o que acontece abaixo da superfície do solo. Onde eram esperadas raízes vigorosas e profundas o que se verificou foi exatamente o oposto, ou seja, poucas raízes e desenvolvimento superficial.

A partir desse diagnóstico foi possível implementar um plano de manejo de solo através de corretivos e coquetéis de plantas de cobertura que permitiram a melhoria da qualidade física e química dos solos, aumentando a produtividade e redução nos gastos com insumos químicos.

Você também pode acompanhar a série de vídeos sobre Manejo de Solos Produtivos através das nossas redes sociais:

Facebook

Instagram

Linkedin

Youtube

 

 

Escreva um comentário

Deixe uma resposta