Viveiro Langsdorff

Conheça um de nossos projetos: Viveiro Langsdorff

O Viveiro

O viveiro Langsdorff esta localizado na área da Usina Hidrelétrica Madame Denise de propriedade da Arcelor Mitall no município de Taquaraçu de Minas – MG.

O viveiro é fruto da parceria entre a Arcelor Mittal, CBH Rio das Velhas/SCBH Rio Taquaraçu e Agência Peixe Vivo.

No viveiro, a GOS Florestal irá produzir 300.000 mudas nativas nos anos de 2018 a 2022 para atender às demandas dos projetos do CBH Rio das Velhas.

Todas as matrizes serão selecionadas dentro da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas de forma a produzir espécies já adaptadas às regiões de plantio.

Inovação

Toda a produção do viveiro se dá a partir de mudas produzidas em plugs que são posteriormente transplantadas para os tubetes de 180 ml. Esse processo garante mudas com maior padronização e vigor, menor tempo de produção e maior diversidade de espécies.

 

Sementes Florestais Nativas

Com pessoal treinado e matrizes de espécies florestais nativas catalogadas nas mais importantes Bacias Hidrográficas da Região Sudeste e Nordeste do Brasil, a GOS Florestal produz para seu consumo Sementes Florestais Nativas dos Biomas Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga, todas registradas junto ao Registro Nacional de Sementes e Mudas – RENASEM.

 

Aquisição de Sementes

Todos viveiristas experientes conhecem de perto as dificuldades e custos para aquisição de sementes florestais nativas de espécies variadas e índice de germinação elevado. Como as sementes florestais nativas apresentam características muito diferentes uma da outra e uma variabilidade de espécies muito grande, sua germinação nem sempre é tão simples, requerendo conhecimento técnico sobre cada espécie. Por esse motivo, nossa empresa optou por não fornecer sementes florestais à terceiros.

Sementes Germinadas

O que temos feito é fornecer as sementes germinadas (plântulas) em plugs (bandejas de 128 ou 200 células) para posterior replantio nos viveiros de produção. Assim ao adquirir nossas mudas jovens (plântulas) o viveirista tem a garantia de alto pegamento das plântulas, redução do tempo de produção das mudas e dos custos com irrigação, coleta e beneficiamento de sementes.

 

Faça as contas e adquira conosco suas próximas mudas florestais para alavancar a produção do seu viveiro florestal ou agende uma visita e venha conhecer de perto as vantagens do sistema.

 

Mudas Florestais Nativas

Trabalhando com mudas florestais há mais de 15 anos, a GOS Florestal vem aprimorando dia após dia suas tecnologias de produção e rastreamento das mudas florestais que produz.

Manuseio facilitado

Nossas mudas são produzidas em tubetes que facilitam o manuseio da muda, apresentam maior desenvolvimento radicular das plantas, apresentam maior índice de pegamento em campo e diminuem os custos de plantio, uma vez que são muito mais leves e fáceis de manusear em nas áreas de plantio além do menor custo de transporte.

Matrizes registradas

Nossas matrizes florestais são selecionadas em campo, identificadas e registradas no Registro Nacional de Sementes e Mudas – RENASEM do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA.

De forma inovadora, a GOS Florestal vem produzindo mudas rastreadas nas diversas Bacias Hidrográficas do Brasil e de diferentes Biomas.

Temos matrizes selecionadas nas Bacias Hidrográficas dos Rios Doce, Paraíba do Sul, São Francisco e Velhas, com coleta de sementes e produção de mudas dos Biomas Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga.

Inovação Tecnológica

Atualmente a empresa desenvolve, em parceria com renomadas instituições de pesquisa, trabalhos com o uso de fungos micorrízicos e bactérias fixadoras de nitrogênio para inoculação de mudas e sementes florestais. Dessa maneira, podemos oferecer plantas mais eficientes na absorção dos nutrientes do ar e do solo, garantindo um maior índice de pegamento e desenvolvimento pós plantio e menor gasto com insumos.

Gerenciamento de Viveiros

Além do nosso viveiro Florestal localizado em Conselheiro Lafaiete – MG, também gerenciamos viveiros florestais de empresas mineradoras e Comitês de Bacia Hidrográfica, desenvolvendo trabalhos de resgate de flora, seleção de matrizes, acompanhamento fenológico, coleta e beneficiamento de sementes e produção de mudas.